Arquivo da tag: goiana

A Free Cana – Eixo 1

RECITAL NA NOITE DO AMPARO com o poeta Philippe Wollney.

Vídeo relato das açõe da “A Free Cana” realizada pelo MOVIMENTO SILÊNCIO INTERROMPIDO no dia 17-12-2011 na cidade de Goiana. A nossa festa literária, o apoderamento da proposta de FREE PORTO 2011.


A Free Cana – Interferência Poética

INTERFERÊNCIA POÉTICA — Junto com o Programa Canavial a “A FREE CANA” reverbera nos ouvidos da população Goianense. Rádio ocupada durante uma hora, o espaço (inteiro) do programa foi cedido à nossa ação. Os poetas André Philipe e Philippe Wollney juntos com Serginho da BEntre uns versos de Mestre Duda & Paulo Leminski, entre uns poemas de Erickson Luna & Assenso Ferreira , e trazendo voz aos poemas de Sebastiana de Lourdes e Marcelo Arruda – a “A Free Cana” — 14h-15h — é pura onda eletromagnestética!

Vídeo relato das açõe da “A Free Cana” realizada pelo MOVIMENTO SILÊNCIO INTERROMPIDO no dia 17-12-2011 na cidade de Goiana. A nossa festa literária, o apoderamento da proposta de FREE PORTO 2011.

apoio:
Ponto de Cultura Alafiá, Movimento K.A.O.S e IAPÔI cineclube

realização:
Free Porto e Movimento Silêncio Interrompido

 


A Free Cana: FreePorto #23, eixo 2

O negócio tá tão desenvolvido que tem direito até a uma mesma FreePorto com vários eixos temáticos. A Free Cana, de Goiana, vai ter vários. Começa com “Leitura de poemas sentimentais, amorosos e de dor de cotovelo – 9h no Espaço Cultural de Dona Solange, Centro, Goiana-PE. Segue como “Leitura de poemas anti-burocrata, subversivos e de vontade de beber” – 12h, no Mercado Público de Goiana. Depois,  “Leitura e Contrução de poemas concretos com sopa de letrinhas”  a partir das 17h do dia 17/12 no Ponto de Cultura Alafiá! Entra aí, fera! Isso é o pessoal do Silêncio Interrompido, mostrando que não é preciso estar em Recife para fazer as coisas acontecerem!


FreePorto #23 – A Free Cana

Multiplicam-se as FreePorto pelo mundo. Vai rolar no dia 17 a “A Free Cana”, na Mata Norte, especificamente em Goiana! Quem organiza é o coletivo Silêncio Interrompido. Com direito a exibição de curtas, exposição de fotos e… recital! Vai ser no coreto da Igreja do Amparo, centro da cidade. Seguem as artes que o pessoal bolou. O interessante é notar que não existe mais uma ‘identidade visual’ da FreePorto: cada pessoa cria a sua, com novos nomes para a festa, inclusive. A Free Cana é um calambur e tanto!

 


%d blogueiros gostam disto: