Freeporto faz 20ª edição


 Por Diogo Guedes, 

Publicado no Jornal do Commercio, 17 de dezembro de 2011

Evento literário pernambucano que mais faz jus à alcunha de “festa”, a Freeporto chega hoje, às 18h, no Bairro do Recife, a sua 20ª edição no ano. Para comemorar, o festival organizou uma noite de luau, com o lançamento do Manual da Freeporto, ao lado do Obelisco da Restauração Pernambucana. Ao mesmo tempo, as cidades de Goiana e Paulista organizam suas próprias programações.Com recitais e um breve balanço da atividade, a noite vai ser marcada pela distribuição, para os interessados, do manual, uma espécie de modelo com sugestões para a realização de festas literárias. Segundo o poeta Wellington de Melo, um dos membros do coletivo Urros Masculinos, para criar sua própria Freeporto, só é preciso obedecer a três “regras”: não ter fins lucrativos, não ter mensagens de ódio e ter relação com a literatura. “Na verdade, queremos provocar com o Manual da Freeporto uma reflexão sobre o que constitui um festival literário”, explica.Segundo o autor, o evento, a partir de agora, passa a ser uma marca disponibilizada em Creative Commons. Isso significa que qualquer um poderá organizar suas festas com o mesmo nome a qualquer momento. “Nossa ideia era plantar uma semente, indicar que todo mundo podia fazer eventos literários”, conta o escritor.

Com a ideia espalhada, duas cidades têm a sua própria Freeporto. Em Goiana, a programação da A Free Cana tem três leituras poéticas: no Espaço Dona Solange, às 9h, no Mercado Público, às 12h, e no Ponto de Cultura Alafiá, às 17h. Em Paulista, o evento conta com recitais, intervenções e apresentação dos grupos Subversivos, Tangerina Azul, The Price of Existence e Projeto Gato Atropelado, a partir das 20h.

Para Wellington, esses eventos provam que a Freeporto alcançou seus objetivos nesses três anos de existência, e o testemunho disso é a existência de edições da festa organizadas por outras pessoas que não seus criadores, o grupo Urros Masculinos. Eles não pretendem organizar a festa no próximo ano, mas nada impede que ela volte a acontecer, pelas mãos do coletivo, no futuro.

Ainda segundo o poeta e gestor da área de literatura da Secretaria Estadual de Cultura , o Urros Masculinos deve agora diminuir seu ritmo de atividades, para dar liberdade para os projetos pessoais de cada um de seus membros – além dele, fazem parte do coletivo os escritores Artur Rogério e Bruno Piffardini. Os colegas vão se dedicar a suas carreiras e produções individuais. “Quero, por exemplo, terminar meu primeiro livro de ficção, Estrangeiro no labirinto, para o final do ano que vem”, anuncia o escritor. (D. G.)

Freeporto – hoje, no Bairro do Recife, em Goiana e em Paulista. Programação completa no site: freeporto.wordpress.com.

Anúncios

Sobre Wellington de Melo

Escritor, professor & crítico da vida, não necessariamente nesta ordem. Ver todos os artigos de Wellington de Melo

6 respostas para “Freeporto faz 20ª edição

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: