Arquivo do mês: abril 2010

Panela de Chá

Entre os ‘leiloados’, originais do premiado romance Galileia, de Ronaldo Correia de Brito.

Acontece no mês de maio o segundo leilão de manuscritos e originais de escritores em Pernambuco. No evento, escritores doam seus textos originais, manuscritos ou provas com últimas revisões de seus livros para serem arrematados pelo público. Todos os lances começam a partir de R$ 1,00 e só param quando ninguém cobrir a oferta daquele que levará para casa cadernos ou folhas avulsas com marcas do processo criativo dos escritores leiloados.

A iniciativa é da FreePorto, festa literária do Recife, capitaneada pelo grupo Urros Masculinos, composto por Artur Rogério, Bruno Piffardini e Wellington de Melo. “Numa época em que se fala tanto de livros digitais, fazer um evento que tem como foco não o livro de papel, mas a gênese dele, é, no mínimo, uma ousadia. Mas não temos medo de ser ousados”, afirma Wellington de Melo. Este ano serão leiloados, entre outros, originais de escritores locais como Silvana Menezes e Fernando Farias. Também as provas do livro “Laranja Seleta”, do escritor Nicolas Behr, radicado em Brasília. Duas peças chamam a atenção: as provas do livro Angu de Sangue (publicado em 2000), de Marcelino Freire, com interferências do autor e os originais do premiado livro “Galileia”, de Ronaldo Correia de Brito. Um fato curioso é que esses originais recebem o título “Davi entre os leões”, nome provisório que tinha o livro quando a versão foi escrita em 2006.

RETROSPECTIVA – No ano passado o Urros Masculinos promoveu o primeiro leilão. Considerado um sucesso, durante o evento foram arrematados textos de autores pernambucanos ou que vivem no estado, como Lucila Nogueira, Jomard Muniz de Britto e Cida Pedrosa. Mas o exemplar mais desejado foi a versão original do romance “O amor não tem bons sentimentos”, de Raimundo Carrero, vendido por R$ 500,00 a um empresário local. Para este ano o grupo acredita que o sucesso de repete. O evento acontece no charmoso espaço Muda e terá, além do leilão, performances de Bruno Piffardini e Leo Zadi, além de um recital com o grupo Dremelgas. O dinheiro arrecadado no leilão será revertido para a produção da festa FreePorto, que acontece entre os dias 3 e 5 de dezembro.


%d blogueiros gostam disto: